contos

Dois meninos mortos

11:50:00 da manhã

“Cedo de manhã, naquela noite, dois meninos mortos se levantaram para lutar.
Dando as costas, eles se encararam, e puxando as espadas eles atiraram um no outro.
Um guarda surdo ouviu o barulho, veio e matou os dois meninos mortos.”

No Escuro - Pitty

2:19:00 da tarde


Quando tá escuro
E ninguém me vê
Quando tá escuro
Eu enxergo melhor
Quando tá escuro
Te vejo brilhar
É onde eu fico a vontade
Sem medo da claridade
Passo o dia inteiro esperando a noite chegar
Porque não há mais nada que eu queira fazer

Quando tá escuro
Tanto faz que cor tem
Quando tá escuro
Só valem as palavras
Quando tá escuro
Ninguém repara as minhas meias
É onde abro as minhas asas
É onde eu me sinto em casa
Passo o dia inteiro esperando a noite chegar
Porque não há mais nada que eu queira fazer

A noite chegar
Porque não há mais nada, que eu queira fazer

Quanto tá escuro
E ninguém me vê
Quando tá escuro
Eu enxergo melhor
Quando tá escuro
Te vejo brilhar
É onde eu fico a vontade
Sem medo da claridade
Passo o dia inteiro esperando a noite chegar
Porque não há mais nada que eu queira fazer
Só no escuro
Só no escuro
Só no escuro!

Poetry

10:37:00 da manhã

"O melhor do amor não se escreve nunca e talvez não se fale jamais. Refugia-se nos longos olhares, nos longos silêncios, nos longos beijos..." 

Fases

10:26:00 da manhã

Sei que, mais uma vez, não cumpri rigorasamente minha promessa de manter este blog atualizado, mas há boas razões para isso. (Como sempre, eu sei ;/ )
Todos nós passamos por várias fases na vida, e foi uma dessas fases que me afastou do blog por questões fortes (tempo curto, internet, etc.). Porém, com essas "fases" ganhei inspiração para escrever aqui.
O tema da postagem de hoje é o tão conhecido: amor. O sentimento mais louco que o ser humano é capaz de sentir. 
Com certeza a maioria das pessoas já leu muitas coisas lindas sobre o amor. Eu mesma vivo fuxicando blogs de conteúdos "fofinhos" para passar o tempo ou me inspirar. A questão tratada aqui é que o amor é uma via de mão-dupla, em muitos sentidos da frase, e eu explico o porquê.
Em primeiro lugar, se seu amor for platônico ele será garantia de muita dor, principalmente se a pessoa envolvida usar do seu sentimento para se valorizar. 
Depois vem a questão do reconhecimento do sentimento. Muitas vezes uma das partes ama mais do que a outra e nessas muitas vezes, a pessoa mais envolvida acaba se machucando. 
Claro que há casos onde tudo ocorre muito bem. Ambas as partes se dedicam e a equivalência de sentimento é bem próxima, colaborando para uma relação duradoura e agradável. Mas como eu já disse, a vida é feita de fases, e nem todas são lindas e floridas. 
E então, o que se fazer quando uma relação passa por uma dessas fases? Será realmente que se deve terminar? E com os dois casos que citei acima? Será que a solução é realmente partir para outra? 
Muitos dirão que sim, mas eu discordo. 
Há muitos fatores que devem ser analisados calmamente para que tal decisão seja tomada sem causar arrependimentos posteriores, e a razão não deve trabalhar sozinha. Deve-se considerar os prós e os contras da relação, colocando na balança quantas vezes você sorriu e quantas chorou no tempo em que estão juntos(as). Se sorriu mais do que chorou, deve pensar se esses sorrisos foram grandes o suficiente para apagar as lágrimas que derramou. Se a resposta for positiva, siga em frente. Todos possuêm momentos bons e momentos ruins, e seu relacionamento não é diferente. Não ligue para o que os outros dizem. Provavelmente sua mãe e seus amigos lhe dirão que não vale a pena, que você deve se amar em primeiro lugar. Eu não discordo, porém é muito melhor quando temos alguém que nos ame nos dias em que nos odiamos. E não são eles que estão sentindo o que você sente, então por mais que eles tentem, jamais irão entender completamente. Eles querem apenas o melhor para você, mas nem sempre o que eles acham melhor é igual ao o que você acha. 
Concluindo, se você sente que ainda vale a pena lutar, que por mais ruins que as coisas estejam elas podem melhorar um dia, vá à luta! 
Se a briga foi feia, respire fundo e se acalme. Conversar com a cabeça ainda quente não ajuda em nada, só pode piorar as coisas. Diálogo é a melhor saída.
Se sua situação for oposta e você perceber que não vale a pena, e que nada melhor sairá de novas tentativas, seja forte. Como eu disse, é muito fácil para quem está do lado de fora opinar, mas eu acredito que o verdadeiro amor ultrapassa todas as barreiras. Por mais difícil que seja aceitar, talvez sua "alma gêmea" ainda não seja essa. 
Enfim, cada um sabe o que é melhor pra si, os objetivos que possue e o que sente. Só espero ter passado meu recado. 
Não é nada fácil amar, mas se o sentimento é sincero e verdadeiro, ele será eterno, pois apenas o verdadeiro amor é forte o bastante para ultrapassar as barreiras da vida. 


OBS: Dedico esta postagem à uma grande amiga, que tem me ajudado demais em todas as fases da minha vida. 

Até a próxima postagem. 

bgs.