Geração Coca-Cola?

6:05:00 da tarde


Ah, que saudade das minhas capinhas de cd e do meu discman! Será que alguém ainda lembra o que é isso? Aliás, será que alguém conhece isso?
Para quem tiver a minha faixa de idade com certeza vai lembrar do prazer de andar com aquela coisa redonda e enorme para um lado e para o outro, tirando uma onda ainda maior do que o aparelinho tão famoso da época. E como eu poderia esquecer da bolsinha cheia de cópias de todos os cds favoritos? Cópias sim! Acho que não sou a única que não tinha coragem de andar com os cds originais que eu comprava com tanto esforço pela rua. Afinal, cds arranham e daí era a tragédia!
É preciso admitir que os MP3s da vida facilitaram muito quanto a portabilidade; é bem melhor andar com um MP4 fininho que pode ser recarregado em qualquer computador do que com um discman que sempre trazia consigo uma bolsinha de cds e de pilhas. Não esqueça das pilhas!!!
A questão não é o aparelho em si, até porque eu sou uma das maiores adeptas de toda essa simplicidade tecnológica. Mas de algumas coisas eu sinto falta. Algumas coisas são mais bonitas fisicamente e significativamente.
É muito mais emocionante me matar juntando dinheiro e procurando aquele álbum tão perfeito da banda que eu mais admiro, muito mais bonito ter uma prateleira cheeeia de Cds e de LIVROS! Essa geração tão moderna também está detonando a beleza dos livros. Tudo é digitalizado e postado em PDF. Abri-se o arquivo em qualquer aparelho celular que tenha a plataforma necessária, ou então em um notebook mesmo, e aproveita-se todo o conteúdo frio e pálido daquele livro.
Que coisa mais sem graça e sem vida.
Nesse ponto eu sou careta sim! Adoro matar o tempo deitada na cama, desfrutando de uma boa música enquanto tento decorar a letra de cada canção pelo encarte tão bem feito; ou então apenas admirar as fotos e as figuras que sempre acompanham a fonte pequenininha.
Minha vida é marcada por livros grossos com páginas amareladas e o desejo intermitente de ter uma biblioteca cheia de tesouros literários ao meu alcance. E ilimitada!
Nada contra a tecnologia. Eu estou postando isso em um blog, não é verdade? Mas bytes de um computador não são tudo. Não podem ser tudo. São complementos

You Might Also Like

0 pitacos