Uma segunda vida, por favor.

6:32:00 da tarde


Juro que às vezes acho que uma vida é pouco. Muito pouco. Vinte e quatro horas por dia é inviável!
Como ler, estudar, escrever, namorar, dançar, cantar, pesquisar, produzir e dormir com tão pouco tempo, meu Deus?
Por que me deste um mundo tão rico de informação e cultura e um tempo tão curto para usurfruí-lo?!
Colégio, trabalho, relacionamentos que requerem atenção, livros, blogs, twitter, orkut, tumblr, e-mail, skoob...Nossa, onde eu estava mesmo?
Ah, sim! Reclamando do pouco tempo para por em prática todas as ideias descabidas e quiçá interessantes que eu tenho.
Ô vidinha difícil, viu!
Pra quê ter uma mente tão fértil e curiosa também? Adorar todos os prazeres culturais e querer sempre me enxer de conhecimento? Para ser chamada de metida depois? Ou de experiente, quem sabe... (risos)
Não sei de onde saiu essa personalidade complexa e cheia de vontades...

You Might Also Like

0 pitacos