Para sempre: sua.

3:02:00 da tarde


Ela acordou com a sensação de que algo estava faltando. Tinha medo de abrir os olhos e perceber que fora realmente um sonho e que ele jamais voltaria. Os cobertores que lhe afagavam a pele ainda tinham seu cheiro, ainda guardavam as pequenas gotículas de suor que tinham sido produzidas durante a noite.
Virou o rosto e afundou a boca no travisseiro como se afundasse seu corpo contra seu peito. No mesmo instante, lembrou-se do momento em que se sentiu completa, do momento em que nada mais importava, em que olhou em seus olhos e arrepiou ao ouvir seu nome sussurrado no escuro enquanto seu corpo implorava por mais...
Sentiu algo molhar seu rosto e percebeu a gota salgada se desmanchar no travisseiro. Com um suspiro, abriu os olhos e tornou a fechá-los imediatamente, desejando com toda a força que tentava pôr para fora ao apertar o cobertor da cama, que nesse exato momento, ele a chamasse de sua novamente.

You Might Also Like

3 pitacos

  1. Que bonito.Adorei.
    Parabéns.
    beijos.

    http://booksedesenhos.blogspot.com

    ResponderEliminar
  2. Bem profundo.Gostei !
    bjo :*

    http://diversified-articles.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. Bem envolvente e muito bonito.
    Parabens mesmo!

    ResponderEliminar