Eu sinto, mas não sei o nome.

4:33:00 da tarde

É difícil escrever sobre algo que mal se consegue explicar, que não se encaixa em palavras e muito menos nas minhas mal digitadas linhas. Mas eu sinto. 
Sinto intenso, quente e terno. Sinto preso, forte, leve e escorrendo. É como água. Como sal e açúcar. 
Afundar nos travisseiros, se enroscar nos lençóis e queimar o colchão. Conversar olhando nos olhos, chorar com um sorriso nos lábios e sentir a segurança honesta ao sussurrar.
Enxergar no escuro, tatear o desconhecido, explorar todo um mundo novo e descobrir que nem todos os sentimentos podem ser explicados.

You Might Also Like

1 pitacos

  1. Profundo, lindo e emocionante! Amei de verdade! Me faz pensar na minha própria paixão! ;)

    ResponderEliminar