28 de março de 2012.

7:25:00 da tarde



Hoje eu acordei ao som de batidas na porta, mas não me surpreendi com quem encontrei do outro lado. Era a má notícia de mãos dadas com o desânimo. Novamente percebi que eles fazem um lindo casal enquanto sorria pra conter o que se formava no canto dos meus olhos e parecia transbordar do meu corpo pra escorrer quente pelo meu rosto.
A má notícia me sorriu sarcástica, irônica e até um pouco solidária. O desânimo entrou, sentou comigo no sofá, me ouviu por alguns minutos - ou algumas horas, não cheguei a contar, foi até meu quarto, desembalou mais uma vez o conteúdo de sua mala e me aninhou em seus braços.
Ah, não me entenda mal. Não pense essas coisas de mim. Ele não dorme comigo. Mas está diariamente disposto a me fazer companhia enquanto se apossa de mais algum canto espremido do meu guarda-roupa.

You Might Also Like

0 pitacos